Aos 42, morre Ian Murdock, criador do Debian

RIP Ian Murdock

Ian Murdock

 

A Docker Inc., empresa para qual Ian trabalhava desde novembro, anunciou hoje que ele veio a falecer na noite da última segunda-feira (28/12/15). A causa e as circunstâncias da morte ainda não foram reveladas pelo departamento de polícia de São Franscisco.

Ian lançou uma das primeiras distribuições do GNU/Linux, o Debian, em 16 de agosto de 1993, enquanto estudante na universidade de Purdue, com o objetivo de ser uma distribuição mantida de maneira aberta, seguindo o espírito do kernel Linux e do GNU, conforme ele escreveu no manifesto Debian.

Atualmente o projeto Debian conta com mais de 1000 pessoas envolvidas em seu desenvolvimento e é reconhecido como um dos mais bem sucedidos projetos open source já lançados, tendo abraçado o design e contribuições abertos.

[]

Consultoria em debian

Há um tempo atrás, vi este post do Hélio oferecendo consultoria em serviços sobre Debian. De imediato pensei em fazer o mesmo quando me mudasse para uma cidade maior.

A maior parte dos serviços que posso lhe oferecer estão listadas abaixo, mas há um detalhe importante: se a atividade for para uma organização sem fins lucrativos, o serviço é de graça! Se você for uma ONG, OSCIP, organização destinada ao ensino público,ou qualquer tipo de organização comunitária destinada à indivíduos em situação de exclusão/vulnerabilidade social, terei um imenso prazer em lhe ajudar. No momento estou localizado em Vitória, no Espírito Santo, Santo André, São Paulo, e posso ser contactado através do e-mail contato arroba tobias ponto ws ou pelo formulário de contato. []

debian  jobs  work 

Conversando no telegram pelo pidgin

pidgin_telegram

Sobre

Quase tão antigo quanto minha vivência com GNU/Linux, é minha preferência pelo pidgin. Um cliente simples, e repleto de recursos, para mensagens instantâneas. Muitas tecnologias de mensagens vieram, algumas já se foram, e a comunidade sempre deu um jeito de colocá-las no pidgin. Com o telegram não é diferente.

O projeto telegram-purple visa integrar o telegram à lib purple, que é o núcleo do pidgin e de outros mensageiros, tais como o adium e instantbird. Ele está em beta, mas demonstrou um bom comportamento durante minha utilização. []

Firewall para Debian Squeeze

Saudações livres,

abaixo publico um script desenhado para se adequar ao Debian Lenny e, consequentemente, ao LSB para scripts de inicialização.

Vale ressaltar que o software se divide em dois arquivos, o gfirewall.sh contem o firewall propriamente dito, o funcoes.sh contem funções bash que são utilizadas no primeiro arquivo. O objetivo dessa separação é deixar o arquivo de firewall mais limpo, contendo apenas as regras personalizadas, que exigem mais atenção.

Para “instalar” os scripts mova os dois arquivos para /etc/init.d/, execute o comando: insserv -v gfirewall.sh e edite este último arquivo descomentando as linhas que lhe servirem e/ou acrescentando novas regras.

[]

Debian 6 “Squeeze” é liberado

Após 24 meses de constante desenvolvimento, o Projeto Debian tem o prazer de apresentar sua nova versão estável 6.0 (codinome Squeeze). O Debian 6.0 é um sistema operacional livre, vindo pela primeira vez em dois sabores. Ao lado do Debian GNU/Linux, o Debian GNU/kFreeBSD

é introduzido com esta versão como uma prévia da tecnologia.

O Debian 6.0 inclui o KDE Plasma Desktop e Aplicativos, os ambientes de área de trabalho GNOME, Xfce, e LXDE assim como todos os tipos de aplicativos para servidor.  Também apresenta compatibilidade com a FHS v2.3 e software desenvolvido para a versão 3.2 da LSB.

O Debian 6.0 Squeeze introduz prévias técnicas de dois novos portes para o kernel do projeto FreeBSD usando o conhecido espaço de aplicativos Debian/GNU: Debian GNU/kFreeBSD para o 32-bit PC kfreebsd-i386 e o 64-bit PC kfreebsd-amd64. Estes portes são os primeiros a serem incluídos em uma versão do Debian que não são baseados no kernel Linux. O suporte ao software comum de servidor está robusto e combina os recursos existentes nas versões Debian baseadas em Linux com os recursos únicos conhecidos do mundo BSD. Entretanto, para esta versão estes novos portes são limitados; por exemplo, alguns recursos avançados do desktop ainda não são suportados.

[]

Sources.list para Debian Lenny

cat /etc/apt/sources.list # /etc/apt/sources.list # 09/01/2011 # Adicionar chaves GPG: # apt-key adv –recv-keys –keyserver wwwkeys.eu.pgp.net $chave # ou # apt-key adv –recv-keys –keyserver keyserver.ubuntu.com $chave # CD-ROM Debian Lenny #deb cdrom:[Debian GNU/Linux 5.0.4 _Lenny_ – Official i386 CD Binary-1 20100131-18:53]/ lenny main #mirros de segurança deb http://security.debian.org/ lenny/updates main contrib deb-src http://security.debian.org/ lenny/updates main contrib #mirros oficiais #deb http://ftp.us.debian.org/debian/ lenny main contrib non-free deb ftp://ftp.br.debian.org/debian/ lenny main contrib non-free []